Pesquisar

Calendário

Setembro 2017
D S
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

 

capes horizontal   

Cnpq

        

periodicos2

 

logo faperj cor

 

 

Responsáveis: Frederico Guilherme Bandeira de Araujo
Atuação: Constitui-se em um laboratório interdisciplinar, pluritemático, voltado ao desenvolvimento de atividades de investigação, sistematização e difusão do conhecimento nas áreas que lhe são afins.
Telefone: (21) 2581-1939
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Página Web: http://www.gpmcippur.net/




Linhas de Pesquisa

 

  • Duas linhas de investigação especificam os campos das reflexões desenvolvidas: “Metodologias. Análise do Discurso” e “Identidade e Território”.
  • O primeiro canaliza atividades voltadas às discussões epistemológico-metodológias tendo por referência a problematização da linguagem, em especial a partir de autores como Foulcault, Bakhtin, Deleuze e Derrida.
  • O segundo, de certo modo alimentado pelas reflexões do eixo anterior, focaliza a problematização teórico conceitual e prática do que sejam território, identidade e suas relações no contexto moderno. Particularmente desde 2008 o projeto “Construindo a Questão Regional Nordeste: discursos da cinematografia brasileira” tem canalizado os esforços desenvolvidos em comum. Este projeto tem por campo problemático mais geral o da construção do Brasil como nação. Está voltado, no entanto, à especificidade de um momento em que, nesse processo, a tópica territorial constituiu-se como elemento polar: o da construção do que designamos como Questão Regional Nordeste (QRN) – especificada teoricamente enquanto Questão Territorial Identitária (QTI) –, desencadeada pela emergência de lutas camponesas no país, ao final dos anos 50, cujo desdobramento foi a constituição de uma questão regional (nordeste) enquanto questão nacional. O tema está sendo investigado a partir da cinematografia nacional. A metodologia analítica adotada considera a cinematografia enquanto campo reflexivo e as películas como discursos. Tem em conta, além disso, que os sentidos desses discursos/filmes só podem ser elucidados mais plenamente investigando-se a relação dialógica que estabelecem. Esse projeto é parte da pesquisa \"Identidade e território nacional nas cinematografias brasileira e boliviana\", desenvolvida em rede através de investigações de caráter similar, mas com enfoques ou domínios analíticos distintos, realizadas respectivamente na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e na Universidad Mayor San Andres (UMSA – Bolívia).
UFRJ IPPUR - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ