Pesquisar

pt br  en us

 

capes horizontal   

Cnpq

        

periodicos2

 

logo faperj cor

 

Núcleo Interdisciplinar de Estudos Migratórios (NIEM) convida para a Mesa Redonda seguida de debate:

 

 

“Orientação Sexual, Migração e Refúgio”

com

Letícia Vieira da Silva
Bacharel em Relações Internacionais - UERJ. Mestranda em Políticas Públicas em Direitos Humanos (NEPP-DH/UFRJ).

Lucas Odilon
Mestrando em Antropologia Social pelo MN/UFRJ.Marina Siqueira e Nathalia Antonucci
 Respectivamente: coordenadora da LGBT+Movimento - Redes de afeto para migrantes e refugiades LGBTTQIA+
e coordenadora da LGBT+Movimento e mestranda em Antropologia pela UFF.
Vítor Lopes Andrade
Doutorando em Antropologia Social na School of Global Studies da University of Sussex, Inglaterra.
Mestre em Antropologia Social pela UFSC e bacharel em Relações Internacionais pela UNESP/Franca.

 

Apresentação e lançamento do livro “Refúgio por motivos de orientação sexual: um estudo antropológico na cidade de São Paulo” (Florianópolis: Editora da UFSC, 2019), de Vítor Lopes Andrade.

 

 

Data e horário:dia 13 de dezembro de 2019 (sexta-feira), das 14:00 às 17:00

Local: Biblioteca do NIEM

Rua da Lapa, 120, 2º andar, sala 204

[não é na sobreloja]

 

Oi Campo de Públicas,Após tanta espera, A COE EFECAP 2019 declara que estão OFICIALMENTE abertas as incrições do pacote Efecap-se. O Pacote inclui alimentação, alojamento, programação científica e cultural do evento. Corre para não perder o primeiro lote, está custando apenas 80 reais. 80 reais? 80 reais!!! Fica atento para não perder mais informações! O primeiro lote vai voar, garanta já o seu!
 
Mais informações no nosso site: https://bit.ly/2lQ6W7t
 
 
Aula inaugural da Especialização em Gestão Pública - Turma 2019/2010 - 17/10/2019
Tema: "Conceito, dimensões e medidas de capacidade burocrática"
Professora Celina Souza 
Data 17/10/2019, 13:30h, Auditório E2, Prédio da Faculdade de Letras
 

Professora Celina Souza
Possui graduação em Direito pela Universidade Federal da Bahia (1971), mestrado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (1980) e doutorado em Ciência Política - London School of Economics and Political Science (1995). Atualmente, é Pesquisadora Associada do CRH da Universidade Federal da Bahia e Professora Visitante da Unirio. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Estado e Governo, atuando principalmente nos seguintes temas: federalismo, descentralização, governo local, políticas públicas, estados e capacidade burocrática

(http://www.iesp.uerj.br/docentes/celina-souza/)

 

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional lamenta o falecimento do Professor Hermes Magalhães Tavares, no dia 13 de setembro de 2019. Mestre e Amigo, o Professor Hermes teve papel crucial na criação e consolidação do IPPUR, formou centenas de mestres e doutores, muitos dos quais hoje docentes do Instituto.
Natural da Bahia, Hermes é de uma geração engajada na superação da pobreza, da doença, do analfabetismo e da fome vigente de longa data nas sociedades latino-americanas e, em especial, no nordeste brasileiro. No início dos anos 1960 já trabalhando na Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), fez o concorrido o Curso de Especialização em Problemas de Desenvolvimento ministrado na Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL). As ideias estruturalistas cepalinas e a perspectiva do planejamento econômico via Estado marcariam sua trajetória profissional - fez parte da equipe que definiu os polos de desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) - e acadêmica. Após alguns anos trabalhando no Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM), o professor Hermes ingressou na UFRJ em 1978. Dedicado professor nas diversas disciplinas da pós-graduação, em meados dos anos 1990 assumiu a direção do Instituto, sem, no entanto, deixar de lado uma das suas paixões: a de trabalhar, enquanto editor ou não, na produção dos Cadernos IPPUR.
Hermes orientou um sem número de trabalhos de conclusão de curso (monografias, dissertações e teses) e deixa um legado extraordinário sobre as experiências de planejamento referidas ao Brasil cotejadas com experiências verificadas nos países desenvolvidos, em particular as francesas. Ele se coloca no rol dos (grandes) autores preocupados e contributivos com a Questão Regional Brasileira. Nessa sua longa e fecunda trajetória nunca lhe escapou a entrada em cena de temas novos ou revestidos de supostas novidades, como os dos arranjos produtivos locais e os impactos territoriais das políticas públicas. Muito querido por todos que com ele conviveram (alunos, funcionários e colegas), expressamos nossa profunda dor e nossa solidariedade à família do nosso colega e amigo, o professor Hermes Magalhães Tavares.

UFRJ IPPUR - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ