Logomarca do IPPUR

História e Culturas Urbanas

História e Culturas Urbanas2021-11-14T00:32:30-03:00

A Série História e Culturas Urbanas é uma parceria entre a Fundação Casa de Rui Barbosa e a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Organizadas pelo Setor de História da Casa Rui e pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR), são palestras mensais que ocorrem desde 2003 na Sala de Cursos da FCRB.

A cada semestre ou ano é definido um tema a ser debatido pelo convidado com o público presente. Com a pandemia de Covid-19 as palestras são transmitidas pelo Canal da Agência IPPUR.

Confira a Playlist

Organizadores:

Antônio Herculano Lopes (Fundação Casa de Rui Barbosa)

Doutor em Estudos de Performance pela New York University, defendeu em 1999 a tese “The Jaguar’s Leap: Musical Theater in Rio de Janeiro 1900- 1922”, sob a orientação de Richard Schechner. É pesquisador do Setor de História desde 1994 e seu chefe desde 2000. Atua prioritariamente nas áreas de história do teatro brasileiro, performance artística, política e do cotidiano, estudos urbanos (Rio de Janeiro), construção da identidade nacional e relações interétnicas. Integra o GT de História Cultural da Anpuh, do qual faz parte da Comissão Científica. Vem trabalhando com o tema da história das sensibilidades, articulado com grupo franco-latino-americano coordenado por Sandra Pesavento (UFRGS) e Frédérique Langue (EHESS, Paris). No âmbito da Anpocs, colabora com o GT Performance, Drama e Sociedade, coordenado por John Dawson e Jean Langdon. Publicou como organizador e autor Entre Europa e África: a invenção do carioca (Topbooks/Casa de Rui Barbosa, 2000), Diversidade cultural brasileira (Casa de Rui Barbosa, 2005; com Lia Calabre) e História e linguagens: Texto, imagem, oralidade e representações, com Monica Pimenta Velloso e Sandra Jatahy Pesavento, além de artigos em livros e revistas científicas. Bacharel em Direito pela ex-Universidade do Estado da Guanabara, atual UERJ (1973); diplomata formado pelo Instituto Rio-Branco, trabalhou no Departamento Econômico do Itamaraty entre 1974 e 1978. Bailarino, ator, autor e diretor de teatro, trabalhou com Hugo Rodas (Brasília e São Paulo, 1977-1983), Adriana Lagomarsino e Till Silva (Montevidéu, 1978-1979) e Antônio Abujamra (São Paulo, 1983-1988). Mestre em Sociologia pela UnB, com a tese “João Antônio e Emediato: a ideologia do novo conto brasileiro” (1978), trabalhou com Aluísio Magalhães, Clara Alvim e Xavier Maureau como pesquisador do Centro Nacional de Referência Cultural (Brasília, 1979- 1980) e da Fundação Nacional Pró-Memória (Brasília e São Paulo, 1980- 1989). Atualmente, dedica-se ao estudo da comédia de costumes no Rio de Janeiro do século XIX e à construção das idéias de moderno, nacional e popular.

Fania Fridman (IPPUR/UFRJ) 

Professora Titular do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) onde coordena o Grupo de Estudos do Território e de História Urbana (GESTHU). Economista, formada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), é mestre em Planejamento Urbano e Regional pela Coordenação de Programas de Pós Graduação em Engenharia (COPPE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutora em Economia Política pela Universidade de Paris VIII. Autora dos livros Donos do Rio em nome do Rei (Jorge Zahar Editor) e Paisagem Estrangeira (Casa da Palavra) pelo qual recebeu o Prêmio Milton Santos concedido pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR).

Conheça a Fundação Casa de Rui Barbosa, acessando aqui.

Ir ao Topo